Tierras de frontera: conflicto y violencia en la ribera del Manzanas en los siglos XV al XVII

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

José Ignacio Martín Benito

Resumo

Durante a Baixa Idade Média e boa parte da Idade Moderna, vários conflitos foram vividos ao longo do Raia luso-espanhola em relação à posse de terras do conselho entre as comunidades vizinhas de um lado e do outro da fronteira. Uma das áreas em que essas divergências e disputas se tornaram ações violentas foram as margens do rio Maçãs (rio Manzanas). Os moradores de Guadramil (jurisdição de Bragança), armados com arcabuzes, espadas, lanças e outras armas, protagonizaram vários episódios contra os de Riomanzanas e Santa Cruz de los Cuérragos, pertencentes à jurisdição de Alcañices e Benavente, respectivamente.
DOI

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BenitoJosé Ignacio Martín. «Tierras De Frontera: Conflicto Y Violencia En La Ribera Del Manzanas En Los Siglos XV Al XVII». Revista Memória Rural, no. 3 (Março 1, 2021): 312-327. Acedido Outubro 1, 2022. https://museudamemoriarural.pt/revistamemoriarural/index.php/revista/article/view/108.
Secção
Artigos da Revista Memória Rural, nº 3
Biografia Autor

José Ignacio Martín Benito

Catedrático de Geografía e Historia, Instituto de Enseñanza Secundaria “León Felipe” (Benavente). Doctor en Historia por la Universidad de Salama