Comportamento e instrução do clero secular no concelho de Alijó em finais do século XVIII

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Joaquim Grácio

Resumo

Com base nos relatórios de visitas efetuadas às paróquias de “S. Sebastião do Pópulo”, “Santa Ana de Riba Longa”, “Santa Maria de Sanfins”, “S. Thiago de Villa Chãa da Montanha”, “Nossa Senhora da Assumpção de Villar de Maçada” e “Santa Marinha de Villa Verde”, o autor, neste arigo, divulga aspetos menos conhecidos da história de algumas comunidades do concelho de Alijó.
DOI

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Grácio, J. (2021). Comportamento e instrução do clero secular no concelho de Alijó em finais do século XVIII. Revista Memória Rural, (3), 180-191. Obtido de https://museudamemoriarural.pt/revistamemoriarural/index.php/revista/article/view/98
Secção
Artigos da Revista Memória Rural, nº 3
Biografia Autor

Joaquim Grácio

Professor aposentado, é mestre em Instrumentos e Técnicas de Apoio ao Desenvolvimento Rural, variante de Animação Rural, pela UTAD. Tem-se dedicado à investigação e divulgação da história e do património do Município de Alijó. Publicou, entre outros, os seguintes Livros: “Monografia de Sanfins do Douro”, “Contos do Vilarelho” e “Associativismo Cultural e Poder Autárquico na Região do Douro – o Caso do Concelho de Alijó” (Dissertação de Mestrado).